Guerreiro do Comércio homenageia destaques paranaenses

17 jul 2017

Na última sexta-feira (14/7), a 12ª edição do prêmio Guerreiro do Comércio homenageou 49 empresários de 47 sindicatos ligados à Fecomércio PR. A cerimônia reuniu mais de 1.200 pessoas de todo o estado na Expo Unimed, em Curitiba, com a presença de autoridades políticas de todas as esferas, dirigentes dos sindicatos filiados à Fecomércio PR, dirigentes de entidades do setor produtivo, empresários, familiares e amigos dos homenageados.
Além de destacar empresários de diferentes ramos do comércio, foram concedidas, durante a cerimônia, quatro comendas da Ordem do Mérito do Comércio do Paraná – somando-se às outras 19 distribuídas durante os quase 70 anos de existência da Fecomércio PR. O presidente do Grupo Toninho Espolador, Antonio Miguel Espolador Neto, foi a 20ª personalidade condecorada, um reconhecimento pelo seu trabalho de comerciante, empreendedor e incentivador do associativismo. A 21ª
comenda foi entregue ao desembargador Federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, em reconhecimento à atuação do poder judiciário em defesa da lei, da ordem e da justiça social e, com destaque à Operação
Lava Jato. A sócia-diretora da Tavarnaro Incorporações LTDA., Liliana Ribas Tavarnaro, recebeu a 22ª honraria, pelo seu exemplo como liderança feminina. Já a 23ª comenda foi entregue ao presidente do Conselho de Administração da Gazin Holding, Mário Valério Gazin, por seu exemplo como comerciante que trabalha para o desenvolvimento do Paraná.

O presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac PR, Darci Piana, reforçou em sua fala a importância da homenagem
concedida a empresários do comércio de bens, serviços e turismo que se destacaram nos últimos 12 meses  na inovação e no desenvolvimento do seu negócio, assim como personalidades significativas e de destaque no estado e no país. “Todos eles são
símbolos de dedicação, de ética e de sucesso profissional”, comentou.

Piana citou a 32ª Pesquisa de Opinião do Empresário do Comércio, Serviços e Turismo para o segundo semestre de 2017, a qual 58% dos empresários declararam ter boas expectativas para o período. “Desde a edição 2014 não se visualizava percentuais acima de 50% de otimismo. Todos os detores apresentaram melhora no indicador que demonstra o otimismo do empresário paranaense comparados ao semestre anterior. É importante destacar que a pesquisa foi realizada antes da aprovação da Reforma Trabalhista, a qual conforme avaliação unânime do setor empresarial de trata de um grande avanço
para a sociedade brasileira”, apontou na ocasião.

Além de Piana compuseram a mesa de honra do evento o deputado estadual, Guto Silva, presidente da Frente Parlamentar do Comércio que representou o governador do Paraná, Beto Richa; o desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 4ª
Região, João Pedro Gebran Neto; o deputado estadual Marcio Nunes, representando a Assembleia Legislativa; o representante da Caixa Econômica Federal, patrocinadora do evento, Gilson Pedro Ramos; o vice-presidente da Fecomércio PR e presidente do Sindilojas de Curitiba e Região, Ari Faria Bittencourt; o prefeito de Campo Mourão, Tauillo Tezelli, representando os demais prefeitos presentes; o presidente da Associação Comercial do Paraná (ACP), Gláucio José Geara; o presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo; o presidente da Fetranspar, Sério Luiz Malucelli; o presidente da Jucepar, Ardisson Naim Akel;
o vice-presidente da Fenacon e vice-presidente da Jucepar, Waldir Pietrobom; o superintendente do Sistema Ocepar, Nelson Costa, e o chefe da Assessoria Legislativa da CNC, Roberto Veloso. Presidentes de sindicatos filiados à Fecomércio PR entre outras autoridades também prestigiaram a noite de homenagens.

Comenda
O desembargador Federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, João Pedro Gebran Neto, responsável por analisar e julgar recursos dos réus condenados na Operação Lava Jato, representou os novos comendadores da Ordem ao Mérito do Comércio do Paraná. Em seu discurso, encarou a honraria como uma oportunidade de reflexão. “Nas minhas reminiscências,
conclui que essa homenagem é prestada apenas porque busco fazer exatamente aquilo que aprendi em casa. Atuar como diversos outros brasileiros com elevado ideal e espírito republicano fariam se estivessem no meu lugar”, pontuou.

Ele enfatizou o papel das diversas instituições que atuam na Operação Lava Jato e que, segundo ele, atuam com qualidade, entre elas a Polícia Federal, o Ministério Público e o Poder Judiciário. “A Operação Lava Jato tem o mérito de promover a viragem paradigmática sobre alguns estigmas nacionais como impunidade, ineficiência do processo criminal, desigualdade,
entre outros vícios de nosso país”, disse.

Ele conclui a fala ressaltando que a sociedade brasileira precisa se manter vigilante. “Ser vigilante significa não apenas seguir os princípios que foram ensinados por nossos pais, mas também passar para as futuras gerações esses valores. Passar-lhes a certeza que, em sua maior parte, este país é formado por pessoas sérias, que acreditam ser possível semear um futuro melhor”, comentou.

As fotos do evento estão disponíveis aqui.

Confira a edição especial em comemoração a 12ª edição do troféu Guerreiro do Comércio.